Foge Foge Bandido – O Amor Dá-me Tesão / Não Fui Eu Que Estraguei

30.00

Foge Foge Bandido – O Amor Dá-me Tesão / Não Fui Eu Que Estraguei (2008)

 

O Amor Dá-me Tesão

 

  1. Personal contribution
  2. Mau hálito
  3. Casal boss
  4. Canal zero
  5. Diz-me se aprovas
  6. Insónia
  7. Fechado para obras/Dans une autre vie misérable
  8. Discussão canina
  9. Tirem o macaco da prisão
  10. Touradita
  11. O caminho certo
  12. A cisma
  13. Vida adicta
  14. Borboleta
  15. Ninguém é quem queria ser
  16. Chuva doce
  17. A dor de ter de errar
  18. A canção mudou
  19. O mergulho de regresso
  20. As minhas ovelhinhas
  21. Canção da canção triste
  22. Falso graal
  23. Um tempo sem mentira
  24. O lugar onde estou
  25. Mundo exterior
  26. Eleva!
  27. Ainda pode descer
  28. E pop?
  29. Insectos adoram ensaios
  30. Os olhos e o mar
  31. Nostalgia hardcore
  32. Cocó
  33. À sua volta
  34. Canteiro
  35. Quando eu morrer
  36. Canção da canção da lua
  37. Noções para viver sem ti
  38. Sempre-a-pensar
  39. Foi no teu amor
  40. Desce à cama

 

Não Fui Eu Que Estraguei

 

  1. O canto dos homens – conto
  2. Algo bom
  3. O mar já nos olhos
  4. As nossas ideias
  5. Passaroco motoqueiro
  6. Tu não tens de mudar
  7. O cenário possível
  8. Guitarrinha
  9. Meu amor está perto
  10. Minha cisma não pode parar
  11. Fartos do que não tens
  12. Como diria a D. Carmosina
  13. Acorda mulher
  14. Ai!
  15. Não aldrabes
  16. A lenda da verdade
  17. Olá Kit
  18. Onan, o rapaz do presente
  19. Canção segredo
  20. Revelação
  21. Besouro
  22. Ninguém está bem
  23. Canal Zero live show
  24. Estou pronto
  25. As minhas saudades tuas
  26. Cinemavelho
  27. Uma historinha
  28. Nada para esquecer
  29. Cabói inglês
  30. Terceira divisão
  31. A sina da cisma
  32. Esta merda começa a ter piada
  33. Não te interessa pensar
  34. Fora de combate
  35. Libendai
  36. Eu tentei dizer
  37. Quem sabe
  38. x
  39. Canção da canção da canção da lua

 

REF: FFB Categoria:
 

Descrição

Foge Foge Bandido – O Amor Dá-me Tesão / Não Fui Eu Que Estraguei (2008)

Lado a, lado b, lado c, nada há no reaparecimento editorial de Manuel Cruz (Ornatos Violeta, Pluto) que se ponha a jeito de rótulos – o que, de algum modo, já se infere pelo nome do projecto: Foge Foge Bandido. Está tudo ligado: dois discos + um livro = uma obra. Quando muito, há uma proposta: ouvir os discos como quem vê um filme, em que as músicas e as histórias nelas contidas permitem desenhar narrativas imaginárias e assim estabelecer uma comunhão entre a identidade do autor, intérprete dos seus sentimentos, e do ouvinte, intérprete do intérprete segundo os seus sentimentos.

por Marcos Cruz

Foge Foge Bandido é o projeto a solo de Manel Cruz.
Disco-livro com coletâneas, músicas e fotos de um período de 10 anos, com a participação especial de PacMan, Bezegol, Gon, Peixe, Kinörm, Elísio Donas e Nuno Prata.
Captação, edição e primeira mistura por Manel Cruz.
Mistura e masterização por Nuno Mendes.
Outras captações por Nico Tricot, Brendan Rui Hemsworth e André Hollanda.
Design por Manel Cruz e Susana Fernando.
Fotografias por Adriana Oliveira e Pedro Nascimento.

Informação adicional

Peso 591 kg
Dimensões (C x L x A) 16.70 × 23 × 2 cm